Rádio JOVEM PAN

102.9. Jovem Pan Londrina

Ouvir

Spotify vai banir bandas neonazistas; Google e Deezer devem fazer o mesmo

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Spotify e mais plataformas seguem clamor da população dos EUA após marcha neonazista em Charlotterville

Spotify e mais plataformas seguem clamor da população dos EUA após marcha neonazista em Charlotterville

Fonte: EFE

Spotify já começou a banir músicas de várias bandas auto-declaradas como sendo pró "supremacia branca" de seu catálogo. A decisão vem após os protestos neonazistas do último final de semana em Charlotterville, no último final de semana. Google e o distribuidor de música digital CD Baby também prometeram remover canções que promovem o ódio.

O serviço de streaming musical se viu pressionado após uma reportagem do site Digital Music News que apontava diversas bandas que se utilizavam da plataforma. Os grupos constavam em uma lista, organizada por uma associação anti-preconceito, de 54 bandas que continham mensagens explicitamente racistas ou de supremacia branca.

O Spotify agiu rápido e afirmou em um comunicado que removeu "muitas das bandas identificadas" pelo Digital Music News e que está no preocesso de avaliar outros grupos.

Mais serviços prometem seguir o exemplo. Deezer já sinalizou que também vai remover os artistas em questão. Um representante do Google, em comunicado para a Variety, disse que "YouTube e Google Play tem políticas claras que proíbem conteúdo como discurso de ódio ou incitação à violência" e que vai remover qualquer conteúdo apontado por usuários que viole alguma dessas normas.


Tags da Pan

Comentários